Blog Rocha 100

No princípio, criou Deus os céus e a Terra”. Ótima frase para um Blog que navegará 100 fronteiras: dos céus metafísicos à “rude matéria” terrestre. “Criou Deus, pois, o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou”. Pois, somos também deuses, e criadores. Podemos, principalmente, criar a nossa própria vida, com autonomia: isto se chama Liberdade. Vida e Liberdade são de Deus. Mas, quem é “Deus”? Devotos hebreus muito antigos, referiam-se a Ele apenas por perífrases de perífrases. Para Anselmo de Bec, Ele é “O Ser do qual não se pode pensar nada maior”. Rudolf Otto, diante da dificuldade de conceituá-Lo, o fez precisamente por essa dificuldade; chamou-O “das Ganz Andere” (o Totalmente Outro). Há um sem número de conceitos de Deus. Porém, o que mais soube ao meu coração foi este: “O bem que sentimos intimamente, que intuímos e que nos faz sofrer toda vez que nos afastamos dele”. É de uma jovem filósofa: Catarina Rochamonte.

segunda-feira, 8 de maio de 2017

O PT está maduro

Avançado na mentira, demagogia e corrupção, o PT foi, nos seus 13 anos de poder, um tanto lento em matéria de autoritarismo. É bem verdade que, tanto com Lula quanto com Dilma, fez alguns ensaios tímidos contra o espírito e a letra da Constituição Democrática, mas que se frustraram devido à resistência da opinião pública e do Parlamento. Todavia, agora, na oposição, carregado de experiência, o PT mostra-se maduro e indica que, quando voltar ao poder, saberá impor sua agenda autoritária com a necessária audácia. Neste sentido, muito se tem divulgado a fala de Lula no 6º Congresso Estadual do PT de São Paulo, sexta-feira passada, dia 5 de maio. Com efeito, em ataque aos investigadores da Lava Jato e a jornalistas, Lula foi deveras audacioso; vejam:

 “Amanhã o Lula vai ser preso. Faz dois anos que eu estou ouvindo isso. Se eles não me prenderem logo, quem sabe um dia eu mando prende-los por mentiras”.

Em seguida, Rui Falcão, presidente nacional do PT, tratou de deixar claro que Lula está acima da lei; confiram: 

"Se quiserem condenar o Lula, haverá resistência no país inteiro". E completou, retumbante: "A democracia, hoje, significa diretas-já e Lula presidente".

Como se pode ver, a doutrina autoritária do PT atinge um patamar superior, a índole autoritária da seita lulopetista se exibe em sua forma madura, com audácia despudorada. Tudo dentro do figurino. Vejamos: a idolatria, o enaltecimento desmedido do chefe, a bajulação mais deslavada fazem parte do manual do autoritarismo desde sempre; à esquerda e à direita. Hitler, por exemplo, era para os nazistas a encarnação da Alemanha; aqui, na bajulação desvairada de Rui Falcão, Lula é a encarnação da democracia. E nessa nova democracia petista, o chefe mandará prender quem mente. Ora, no autoritarismo, todos que contrariam o chefe, mentem.    

Para azar de Lula e de Rui Falcão, tem sido forte a reação a este delírio autoritário do lulopetismo. O presidente da ANPR (Associação Nacional dos Procuradores da República), José Robalinho Cavalcanti, por exemplo, considerou a fala de Lula como "ameaça" e reagiu à altura, fulminante:

"— supõe-se legitimamente que depois de mais uma vez eleito presidente — irá mandar prender os que investigam. Isto não irá deter qualquer agente de Estado ou a marcha serena e impessoal da Justiça, mas não é uma declaração digna de quem foi por oito anos o supremo mandatário do país. O ex-presidente sabe muito bem que chefes do executivo não ‘mandam prender’ ninguém em um estado de direito. A Justiça é que o faz”.

Certamente, a fala de Lula não é digna dentro de um ponto de vista democrático; mas é digna de um chefe fascista. Lula e o PT estão maduros, e já apodrecendo.




terça-feira, 2 de maio de 2017

A "nova Constituinte" fascista de Maduro: o diabo que a carregue

Com Maduro, o chavismo atingiu seu apogeu fascista. Jogados na miséria da fome, os venezuelanos resistem em imensas manifestações (muitos também fogem dessa miséria, inclusive para o Brasil). O chavismo responde com a repressão mais feroz, arma suas milícias, prende e mata: são já dezenas de opositores assassinados, centenas de presos políticos. Todavia, a resistência democrática avança, as manifestações populares se avolumam e se espalham, colocando em xeque o regime fascista. Acuado, Maduro joga a cartada da convocação de uma "nova Constituinte". Quem se der ao trabalho de acompanhar o noticiário, verá que é tudo uma tremenda patifaria, uma malandragem autoritária. Vejam, por exemplo, no El País:

"O objetivo de Maduro é que a nova Constituinte seja uma espécie de Congresso dos Sovietes, sem a participação do que chamou de “velhas estruturas dos partidos políticos”. Metade da assembleia será formada por 250 delegados eleitos pela base operária. “As missões terão seus constituintes, os pensionistas e os indígenas. Será uma Constituinte cidadã, popular, operária. Uma Constituinte chavista”, anunciou". (brasil.elpais.com).

Ou em El Nuevo Herald:

"El mandatario socialista anunció que este lunes entregará al Consejo Nacional Electoral (CNE) las bases del proceso, que contempla la elección de 500 asambleístas, una parte por sectores sociales que escogerán directa
mente a sus representantes, y la otra por municipios". (elnuevoherald.com).

Apesar da linguagem bolchevista, está claro que Maduro tenta um caminho para formar uma Constituinte controlada por pelegos. Como ele mesmo diz, uma "Constituinte chavista"; o que significa dizer, uma "Constituinte fascista".

Aqui no Brasil, em 2014, a então presidente Dilma Rousseff, com o Decreto 8.243, tentou uma malandragem semelhante; não uma "Constituinte", mas um sistema de "conselhos populares", formados por entidades pelegas, e que se sobreporiam ao Congresso Nacional. A dita malandragem, como se sabe, não prosperou.

Na Venezuela, a "nova Constituinte" é, tão somente, uma tentativa de institucionalizar o fascismo; que lá se chama "chavismo". 

O fascismo atende por vários nomes; mas, sob qualquer nome, é fácil reconhecê-lo. Uma vez reconhecido, deve-se mandá-lo para o inferno. É isso o que o povo da Venezuela fará com o regime podre do chavista podre Nicolás Maduro.
  



Read more here: http://www.elnuevoherald.com/noticias/mundo/america-latina/venezuela-es/article147911544.html#storylink=cpy




Read more here: http://www.elnuevoherald.com/noticias/mundo/america-latina/venezuela-es/article148011509.html#storylink=cpy

sexta-feira, 7 de abril de 2017

Mensagem do historiador Inocêncio Nóbrega


"Israel" no Programa do Gutemberg Cardoso/TV Master

Na noite de ontem, 07/04, estive no Programa do Gutemberg Cardoso na TV Master. Fui convidado para falar sobre nosso livro "Israel: o Rio, o Sonho e a Rocha" (Washington Rocha e Marcos Rocha). Falei, e novamente divulguei o relançamento de amanhã na Livraria do Luiz, juntamente com a exposição do grande chargista Régis.

O convite de Gutemberg foi articulado por um nosso amigo comum, o polêmico e profético Rui Galdino, a quem agradeço. O excelente Programa do Gutemberg Cardoso é um dos mais prestigiados e de maior audiência na Paraíba, de modo que nos sentimos honrados e muito felizes com a atenção que nos foi dispensada. Tudo indica que teremos um evento concorrido, que será um grande sucesso, com as irrequietas inteligências ainda mais energizadas pelo café expresso que será servido.

Esperamos vocês. Contamos com vocês.

Sábado, 08/04, 10 horas da manhã na Livraria do Luiz (Centro, Galeria Augusto dos Anjos, entre o Calçadão da Duque de Caxias e a Praça 1817: João Pessoa-PB).

Pedimos que divulguem.


terça-feira, 4 de abril de 2017

Anúncio de evento na Livraria do Luiz repercute no Facebook - como adquirir o livro

O Facebook é mesmo uma maravilha. Não esperávamos uma repercussão tão boa ao anúncio do relançamento do nosso livro - "Israel: o Rio, o Sonho e a Rocha" - (Washington Rocha e Marcos Rocha) na Livraria do Luiz. E em conjunto com exposição do magnífico e mortífero chargista Régis Soares; aquele que, quando não mata de rir, mata de raiva (os que são alvos das suas irreverências). Pode-se dizer que o anúncio "bombou no Face", com muitas curtidas, comentários e compartilhamentos. Em alguns comentários foi perguntado como se faz para adquirir o livro. É muito fácil: a partir do dito relançamento (sábado, 8 de abril, às 10 horas da manhã), o livro "Israel: o Rio, o Sonho e a Rocha" estará disponível na Livraria do Luiz. Podendo também ser enviado pelo correio, bastando para isso que o interessado entre em contato com a Livraria, pelo e-mail:

jcrlivrariadoluiz@hotmail.com


Quem ainda não conhece a Livraria do Luiz, deve se apressar em conhecer; no Centro, lá na Galeria Augusto dos dos Anjos, entre o calçadão da Duque de Caxias e a Praça 1817: João Pessoa-PB. Tornou-se ponto de encontro dos amantes das letras e das artes. Ambiente agradabilíssimo. No evento deste sábado, para ficar ainda melhor, será servido café expresso.

Esperamos vocês. Contamos com vocês. Por favor, divulguem.

domingo, 2 de abril de 2017

O chargista Régis e a Rocha na Livraria do Luiz

Caros e caríssimas;

O lançamento do nosso livro "Israel: O Rio, o Sonho e a Rocha" (Washington Rocha e Marcos Rocha) na Fundação Casa de José Américo foi, graças a Deus, um grande sucesso. Tanto que fomos convidados para fazer um relançamento na Livraria do Luiz. E, vejam só que maravilha, em conjunto com a exposição de um dos maiores chargistas do mundo, o esplêndido Régis Soares. Será no próximo sábado, 8 de abril, às 10 horas da manhã. Os eventos artísticos/literários aos sábados na Livraria do Luiz tornaram-se uma tradição cultural, ponto de encontro das inteligências irrequietas. Desta vez com direito a café expresso, para aguçar ainda mais as expressões das inteligências. Imperdível.

Para quem não sabe, a Livraria do Luiz fica na Galeria Augusto dos Anjos, no centro da cidade, entre o calçadão da Duque de Caxias e a Praça 1817: João Pessoa-PB.

Mais uma vez, contamos com vocês. E pedimos a máxima divulgação.

quinta-feira, 23 de março de 2017

Domingo 26/O Povo Nas Ruas: O Brasil não será Venezuela

rocha100.blogspot.com.br

A estupidez, demagogia, fanatismo e bandidagem da esquerda autoritária levam sempre a desgraças.  Na Venezuela, esta esquerda chama-se chavismo; no Brasil, lulopetismo. Na Venezuela, o chavismo continua no poder e as desgraças atingiram níveis estarrecedores. No Brasil, esta esquerda foi afastada do poder antes que conseguisse  levar o país para abismo de desgraças semelhantes. Embora afastado do poder, o lulopetismo segue mobilizando forças no Congresso e na sociedade. No Congresso, tenta-se, dentre outros artifícios de proteção de corruptos, a anistia do crime de Caixa 2 e o estabelecimento da indecente lista fechada. Neste sentido, grupos lulopetistas rachados pelo impeachment se reagrupam e se unem a grupos do novo esquema de poder denunciados na Lava Jato. Não interessa a origem dos corruptos, eles devem ser punidos para que a Nação seja salva. Os democratas e patriotas estão novamente sendo convocados às ruas neste domingo, 26 de março. Com efeito, há muito contra o que protestar. Vamos portanto ocupar as ruas e praças. Dentre as muitas bandeiras, creio que deva ser levantada uma em solidariedade ao Povo da Venezuela, em luta contra a ditadura chavista. Inclusive, temos o dever de acolher os irmão venezuelanos que estão sendo tangidos pela opressão e pela fome do regime fascista do chavista podre Nicolás Maduro. Devemos ajudar a salvar a Venezuela; tanto quanto devemos impedir que a corrupção lulopetista volte a subjugar o Brasil.

VENEZUELA NÃO É AQUI!

DOMINGO 26/03: EU VOU!